Novembro, com ele chega o Outono


Árvores matizam-se de várias cores, num fantástico espetáculo da natureza.As folhas caem, uma por uma, e eu, fico observando às árvores nuas, desprotegidas e solitárias de braços abertos para acolher o rígido inverno. Me pergunto como elas fazem para sobreviver até a primavera, que restaurará cada folha caída.Nós seres humanos poderiamos também agir assim, saber perder, e com paciência ultrapassar dias áridos, frios, secos, tempestuosos , esperando chegar com alegria a volta da primavera, que com certeza a cada ano sempre voltará.

Ás árvores entendem que esse período é necessário renovação. Elas aceitam, doam-se e esperam receber de volta uma linda folhagem no tempo determinado pelo Criador do Universo.

E nós? com todas as perdas que sofremos, com todas dores e sofrimentos, se não entendermos e não aceitarmos o período de renovação em nossa vida, ele se prolongará tanto, que nunca veremos a primavera chegar.Não aceitar o „Outono“, e não se preparar para o inverno é lutar contra a realidade que acontece em todo o mundo.

Árvores perdem folhas e nos perdemos elos. Aceitar o outono é ter a certeza de que no tempo determinado,receberemos novos galhos, novas folhas e novos frutos.Tudo completamente renovado para um novo ciclo.

Mas, porque as folhas caem ?

As folhas caídas também servem de alimentos para milhares de organismos do solo, vitais para o ecossistema florestal. Como dizia Lavoissssier :

« Na natureza nada se perde, tudo se transforma «.

Lúcia Aeberhardt


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo