top of page

O Amor Tudo Sofre, Tudo Sustenta - por Rita Sousa







O amor-perfeito expulsa o medo e neutraliza os pensamentos conflitantes. A primeira coisa que Jesus expressou na cruz foi o amor, um amor incondicional que nos constrange. O amor-perfeito pode ter um impacto bem-merecido na vida.O amor é um impulso, você se joga e, se arriscar, pode se machucar, ou não, porque está exposto ao excesso, à decepção e ao fim do amor. Porque por sua natureza o amor quer a eternidade, e esse parece ser o problema de hoje com a humanidade.Quando uma pessoa se sente atraída por outra pessoa, ela quer que aquele sentimento lindo e com olhar penetrante em seus olhos dure para sempre, ela quer mesmo que seja apenas por uma fração de segundo, mas ela quer, porque é da natureza humana esse comportamento. Quando essa chama acontece, logo surgem os questionamentos:1- Posso te amar para sempre?2- Você vai me amar para sempre?Quero que esse sentimento dure para sempre. Ele o quer mesmo por um segundo, mas porque é a natureza do fogo do amor.Mergulhe nas profundezas da descoberta do amor incondicional quando os pais veem e seguram o rosto do seu bebê pela primeira vez. Eles dariam suas vidas por esta pequena criatura indefesa.Mas a mãe esta profundamente desapontada com o filho, e o filho pode ferir a alma da mãe.Então o amor é uma ilusão?O amor vem de algo mais forte que o DNA. Talvez, olhemos para o nosso rosto amado de surpresa e desejemos que dure para sempre, participando das forças invisíveis que nos cercam, permeiam, elevam e movem. Mesmo que, você queira com todas as suas forças no melhor momento.Estamos imbuídos de eternidade e sujeitos a toda deterioração natural. Tudo flui, muda e se transforma em outra coisa.O amor deve ser praticado. O amor deve encontrar espaço dentro de nós. Nesse momento, Deus nos fala, responde às nossas necessidades, nos da abundância infinita e eterna, nos capacita a amar mesmo nos momentos difíceis, ajuda você a se retirar quando precisa. Ele dá o ingrediente secreto ao nosso desejo de amar e ser amado. O Espírito Santo é o fogo que nos permeia quando o nosso pequeno amor se torna impotente e cinza, ou, ao contrário, brilhante de esperança, e ousado de fé radiante. Mas o maior deles, é o amor. (1Coríntios 13:13).




36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo